Marketplace para lojas de roupas: entenda suas vantagens e conheça as melhores plataformas

O marketplace para lojas de roupas é uma excelente opção para começar a vender mais pela internet. Para você ter uma ideia, o faturamento do varejo digital cresceu 56,8% de janeiro a agosto deste ano, em relação ao mesmo período em 2019. Só o setor de Moda e Acessórios teve alta de 34,9%. 

Se esses números comprovam que as pessoas estão comprando mais pela internet, você não vai perder a oportunidade de ocupar esse espaço, não é mesmo? Os marketplaces estão aí para auxiliá-lo a alcançar seus clientes, seja o seu negócio novo ou já consolidado, com ou sem e-commerce.

Neste post, saiba mais sobre marketplace, suas vantagens e plataformas disponíveis. Acompanhe!

Leia também > Inovação no mercado da moda na pandemia: como esse setor do varejo têm superado a crise

Afinal, o que é um marketplace?

O marketplace é como um shopping center virtual, que assim como sua versão convencional, reúne muitas marcas e lojas, o que facilita os consumidores na busca por produtos.

Esse modelo de negócio está no Brasil desde 2012 e várias grandes empresas atuam no mercado, como Amazon e Mercado Livre. Mas ao contrário do que muitos pensam, o marketplace é útil para negócios de qualquer porte, principalmente para aqueles que estão tentando se consolidar no mercado

Amazon Shopping: marketplace para loja de roupas na palma da mão.

Para entender melhor o marketplace, considere o seguinte exemplo: Rebeca decidiu abrir uma loja física de camisetas num bairro que já contava com outro negócio semelhante, com clientela consolidada.

Essa outra loja decidiu, no entanto, oferecer um espaço em sua vitrine para Rebeca divulgar suas camisetas, em troca de uma porcentagem sobre os lucros. Opa, uma boa ideia, não? Isso é o marketplace!

Vantagens do marketplace para lojas de roupas

A loja da nossa personagem Rebeca é física, mas se fosse virtual as dificuldades seriam as mesmas. Por isso, recomendamos que você opte pelo marketplace se estiver iniciando um negócio, antes de abrir uma loja virtual. Confira as vantagens.

Maior visibilidade

Um marketplace se sustenta pela quantidade de visitas que recebe. Quanto maior o fluxo, maior a visibilidade. Mesmo que seu negócio seja novo, estar numa plataforma estabelecida no mercado traz confiança para os consumidores. Se gostarem do que você oferece, eles irão comprar.

Menor custos e mais ganhos

Você não vai investir em publicidade na plataforma, apenas negociar os valores para colocar seus produtos na vitrine e receber tráfego. Quase todos os marketplaces trabalham com porcentagem sobre lucro ou com comissões. 
Assim, se fossemos considerar os gastos que você não fará em marketing, tecnologia e mídia, ao adotar esse modelo de negócio a sua margem de lucro aumenta.

Crescimento das vendas

Os marketplaces têm muita audiência, o que aumenta as chances de novos clientes conhecerem e comprarem seus produtos. Quando alguém busca por uma saia em na plataforma, várias marcas aparecem, até a mais recente do mercado.

Segurança no pagamento

Os sites de marketplace possuem certificados de segurança próprios, recursos para proteção de dados, roubos e fraudes por clonagem de cartão. 

Aliás, você pode oferecer diversas alternativas de pagamento e não precisa negociar diretamente com o consumidor.

Os melhores marketplaces para vender roupas

Existem muitos marketplaces, como o Mercado Livre, Amazon, OLX e B2W. Todos são ótimos para vender roupas, mas aqui vamos falar dos melhores para quem é do varejo de moda.

Dafiti

A Dafiti é uma das pioneiras na venda 100% online de calçados no Brasil, onde atua desde 2011. É considerada, hoje, como o maior e-commerce de moda da América Latina, com mais de 10 milhões de visitantes únicos no mês. Quanta visibilidade, não?

Zattini

A Netshoes é também um bom marketplace, mas se suas peças não se encaixam em categorias esportivas, escolha sua loja especializada em moda lifestyle, a Zattini, que desde o ano passado também faz parte do Magazine Luiza.

Enjoei

Esse é um dos maiores marketplaces para venda de roupas usadas, especialmente para um público mais jovem. A ideia é oferecer peças de grandes marcas a preços mais acessíveis. 

Portanto, se você trabalha com revenda de marcas famosas ou com roupas usadas, experimente o Enjoei.

Elo7

No mercado desde 2008, a Elo7 tem mais de 23 milhões de visitas mensais. É um excelente marketplace para comercialização de produtos personalizados e artesanais, e possui uma categoria exclusiva para produtos de moda, independente do modo de fabricação das peças.

Escolha um marketplace e expanda seu negócio

Agora que você já sabe que um marketplace para lojas de roupas é uma boa ideia, escolha a sua plataforma para começar. Mas escolha apenas uma! 

Se você se cadastrar em várias plataformas de uma vez, não irá alcançar bons resultados. Concentre-se na primeira, adquira bastante experiência nela e quando dominá-la, vá para outra e expanda ainda mais seus negócios!

Dúvidas? Deixe seu comentário! E para mais conteúdos sobre o setor varejista de moda, acompanhe nosso blog e as nossas redes sociais!
Facebook | Instagram | Linkedin

Posso ajudar?